Bem-vindo ao site da Whirlpool Latin America!

Usinas do Trabalho, do Consulado da Mulher, prorroga inscrições para seleção de novos projetos

Empreendimentos e entidades sociais interessados têm até o dia 11 de fevereiro para o envio dos formulários

São Paulo, 31 de janeiro de 2011 – O Instituto Consulado da Mulher, ação social da marca Consul, prorroga até o próximo dia 11 de fevereiro o prazo das inscrições para seleção de novos projetos do Programa Usinas do Trabalho.

Para participar do Programa, os empreendimentos precisam contar com o suporte de uma instituição social responsável pela assessoria presencial e pelo acompanhamento de seu desempenho de acordo com a metodologia desenvolvida pelo Consulado da Mulher. “As propostas serão avaliadas de acordo com a viabilidade, confiabilidade e potencial de geração de renda do projeto”, explica Leda Böger, diretora executiva do Instituto.

Criado em 2007, o Programa Usinas do Trabalho tem como objetivo principal fortalecer a atuação de instituições sociais que já trabalham com o incentivo à geração de renda em pequenos empreendimentos em todo o Brasil.

Além da assessoria para geração de renda, os projetos escolhidos também são beneficiados com eletrodomésticos da marca Consul, que sejam utilizados como meio de produção para os empreendimentos.

Hoje o Programa Usinas do Trabalho atende 65 empreendimentos em 42 municípios de 12 Estados brasileiros. Composto por uma rede de 30 instituições parceiras, o programa beneficia diretamente 873 pessoas e outras 2.677 indiretamente.

Critérios e formulários de inscrição para o Programa Usinas do Trabalho estão disponíveis no site www.consuladodamulher.org.br.

Consulado da Mulher

O Instituto Consulado da Mulher é uma ação social da marca Consul, que oferece assessoria a mulheres de baixa renda e pouca escolaridade. O objetivo é que, com sua atividade empreendedora, possam gerar renda e proporcionar melhores condições de vida a elas e suas famílias.

O Consulado da Mulher conta com uma metodologia própria de assessoria a empreendimentos populares, reconhecida pela Fundação Banco do Brasil, UNESCO e KPMG como uma tecnologia social, replicável, eficaz e que entrega os resultados aos quais se propõe.

 

Presente em 13 estados do País, o Consulado da Mulher assessora 222 empreendimentos populares, beneficiando diretamente 1.399 mulheres e suas famílias. Desde sua fundação, em 2002, o Consulado já beneficiou mais de 25 mil pessoas.

 

Em 2010, o Consulado da Mulher foi escolhido pela Clinton Global Initiative (CGI), do ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, para participar do encontro anual, em Nova York, e expor seu modelo de atuação. O Encontro Anual da CGI é reconhecido por reunir, entre outros participantes, chefes de Estado, vencedores de prêmios Nobel da Paz, executivos, líderes de ONGs de atuação mundial e formadores de opinião para planejar projetos específicos de enfrentamento dos desafios econômicos, ambientais e sociais mais urgentes da atualidade.