Bem-vindo ao site da Whirlpool Latin America!

Consulado da Mulher participa de lançamento do Selo Social

   O Instituto Consulado da Mulher, projeto social da marca Consul, lança no próximo dia 29 de novembro – em parceria com o Mackenzie, Design Possível, Rede de Saúde Mental e Economia Solidária – o Selo Social ? S2, um Sistema Participativo de Garantia (SPGs), que visa assegurar que os processos de produção são feitos de acordo com os princípios da Economia Solidária.            Para verificar, adequar e certificar negócios solidários para que estejam de acordo aos critérios do Comércio Justo e Solidário, do Ministério do Trabalho e Emprego, todos os empreendimentos assessorados pela rede de parceiros levarão, até agosto de 2013, o Selo Social. Após este período, serão abertas as certificações para outras instituições que quiserem ser garantidas.         Na ocasião do lançamento, haverá palestras sobre como o Selo Social funcionará. Um dos palestrantes do evento será Christiano Basile, Coordenador de Programas e Projetos do Consulado da Mulher, que falará sobre as perspectivas para o futuro do Selo e dos empreendimentos certificados. No encontro, também será servido um coffee break da Rede de Alimentação Solidária, um dos empreendimentos assessorados pelo Consulado. Serviço:Lançamento do Selo SocialData: 29 de novembro de 2012Horário: Das 09h30 às 17h00Local: Auditório João Calvino / Universidade Presbiteriana MackenzieEndereço: Rua da Consolação, 930  ?  São Paulo ? SPSobre o Consulado da MulherO Instituto Consulado da Mulher é a ação social da marca Consul, que oferece assessoria a mulheres de baixa renda e pouca escolaridade. O objetivo é que, com sua atividade empreendedora, possam gerar renda e proporcionar melhores condições de vida a elas e suas famílias.O Consulado da Mulher conta com uma metodologia própria de assessoria a empreendimentos populares, reconhecida pela Fundação Banco do Brasil, Unesco e KPMG como uma tecnologia social, replicável, eficaz e que entrega os resultados aos quais se propõe.Presente em 20 Estados do País, o Consulado da Mulher assessora 134 empreendimentos populares, beneficiando diretamente 5.137mulheres e suas famílias. Desde sua fundação, em 2002, o Consulado já beneficiou mais de 30 mil pessoas.