Bem-vindo ao site da Whirlpool Latin America!

Whirlpool investe no uso inteligente da água

 Em um cenário de crise hídrica, a empresa adota medidas para redução do consumo de água nas unidades produtivas e desenvolve soluções inovadoras para que seus produtos também sejam sustentáveis. 

Inovar também é considerar a sustentabilidade do negócio e do ambiente em que estamos. Por isso, a Whirlpool Latin America, detentora das marcas Brastemp, Consul e KitchenAid, e uma das empresas mais inovadoras do Brasil, já há algum tempo se preocupa com a situação dos recursos hídricos no Brasil e visa trabalhar com processos mais eficientes. A Companhia tem adotado uma série de medidas para diminuir o consumo de água. São desde ações nas unidades de produção até o desenvolvimento de soluções práticas e inovadoras para os produtos, com o objetivo de auxiliar os consumidores a também contribuírem com o uso racional da água.

Atualmente, 10% da água utilizada nas fábricas é obtida de forma sustentável a partir de projetos de captação da água da chuva e reuso do tratamento de efluentes. Um dos principais projetos desenvolvidos pela Companhia está localizado na Unidade de Rio Claro (SP). Desde 2012, a planta possui uma Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) que abastece o Centro de Tecnologia de Lavanderia (CTL), onde são testadas e desenvolvidas as lavadoras de roupas e lava-louças. Por meio dessa estação, é possível reutilizar 100% da água que abastece o CTL. No ano de 2014, foram mais de 11 milhões de litros de água reutilizados neste processo.

Já nas unidades de Joinville e Manaus, a Whirlpool possui sistemas de captação de água da chuva para reuso. A empresa construiu cisternas para captação de água da chuva, que é reutilizada em banheiros e sistemas de resfriamentos nas linhas de produção. Em Manaus, por exemplo, esse sistema capta, em média, 30 m³ de água por semana para uso na Unidade e, com isso, diminui a retirada de água do lençol freático. Em 2014 foram captados 1,14 mil m³. Já em Joinville, foram captados 11,91 mil m³ de água da chuva no ano passado.

Além dessas iniciativas, a Whirlpool possui em todas as unidades uma meta de consumo de água por produto produzido.  Em 2014, esse índice foi 13% menor que a meta, e para os próximos anos espera-se diminuir cada vez mais esse consumo.

“No cenário de crise hídrica, o uso racional da água é um dos principais focos da gestão para a sustentabilidade da Whirlpool. Com essas medidas de redução no consumo e conscientização dos colaboradores, a empresa assume seu compromisso com a sustentabilidade e contribui com a preservação dos recursos naturais”, ressalta Vanderlei Niehues, gerente-geral de Sustentabilidade, EHS e Assuntos Regulatórios da Whirlpool Latin America.

Economia para o consumidor

A Whirlpool também investe em inovação e busca desenvolver soluções práticas e diferenciadas para seus produtos, com o objetivo de auxiliar os consumidores a também contribuírem com o uso racional da água. São iniciativas sustentáveis que agregam eficiência aos produtos para o consumo de recursos, como água e energia. Um dos produtos aliados da economia de água, por exemplo, é a lava-louças.

De acordo com a pesquisa do Laboratório Falcão Bauer, a substituição da lavagem manual pela lava-louças pode gerar uma economia anual de até 27 mil litros de água, o que equivale a 55 caixas d’água de 500 litros. A lavagem com lava-louças economiza até seis vezes mais água do que a lavagem manual. São necessários cerca de 100 litros de água para lavar 140 peças de louça manualmente. Já na lava-louças gasta-se apenas 15 litros. O produto dispensa ainda pré-lavagem manual, economizando ainda mais água.

Sobre a Whirlpool Latin America

A Whirlpool Latin America, dona das marcas Brastemp, Consul e KitchenAid, é líder do mercado latino-americano de eletrodomésticos. É reconhecida e premiada por oferecer produtos inovadores aos consumidores, desenvolver e atrair talentos de alto desempenho e por ser comprometida com a sustentabilidade. Admirada por suas marcas, a empresa leva a qualidade, preocupação com o meio ambiente e paixão dos seus produtos para cerca de 100 milhões de lares brasileiros, o que representa um produto a cada dois domicílios. Atualmente, conta com mais de 15 mil funcionários distribuídos entre o centro administrativo e as fábricas localizadas em Joinville (Santa Catarina), Manaus (Amazonas) e Rio Claro (São Paulo), além de 23 laboratórios de Pesquisa e Desenvolvimento e quatro Centros de Tecnologia. Na América Latina, tem escritórios na Argentina, Chile, Peru, Guatemala, Equador, Colômbia, Porto Rico, República Dominicana e Miami.