Bem-vindo ao site da Whirlpool Latin America!

Consulado da Mulher participa do Global Summit of Women 2015

Projeto social da Consul estará presente como incentivo ao empreendedorismo feminino

Entre os dias 14 e 16 de maio, em São Paulo, será realizado o Global Summit of Women, importante fórum internacional de negócios e economia para mulheres. O evento, que terá como tema principal “Mulheres Criativas, Economias Criativas”, promoverá a inovação das mulheres que ajudam a moldar as economias de seus países. A ação social da Consul, Consulado da Mulher, que incentiva o empreendedorismo feminino, marcará presença.

Leda Böger, diretora-executiva do Instituto Consulado da Mulher, estará no Global Summit e explica que “se trata de um importante fórum, de abrangência internacional, que promove a articulação e o empoderamento das mulheres. Por meio de eventos como este é possível fortalecer parcerias institucionais e dar visibilidade aos projetos de geração de renda que realizamos por todo o Brasi”.

Os projetos sociais são importantes para que, cada vez mais mulheres, em especial as de baixa renda, adquiram as noções necessárias sobre financeiro, rh e administração, e possam garantir o sucesso de seu negócio. Estes empreendimentos passam, muitas vezes, a ser a principal fonte de renda das famílias, além de gerar recursos para a sociedade em que se inserem. É pautada nesta necessidade que Leda Böger norteará sua participação no evento.

Mulheres de relevância mundial também confirmaram sua participação como a Presidente do Kosovo Atifete Jahjaga, a vice-presidente do Vietnã, Nguyen Thi Doan e ministras de áreas como Trabalho, Direitos das Mulheres, Comércio e Indústria, representando a África do Sul, Albânia, Canadá, Emirados Árabes Unidos , Filipinas, França, México, Polônia, entre outros.

 

Sobre o Consulado da Mulher

O Consulado da Mulher é a Consul transformando sonhos em realidade. Incentivamos e viabilizamos geração de renda para melhorar a qualidade de vida das pessoas, investindo no empreendedorismo feminino. As mulheres, que fazem de conquistas pessoais transformações em cadeia, conseguem impactar as suas comunidades e não deixam ninguém de fora dessa história. Em nossos 13 anos de atuação, são mais de 33 mil pessoas beneficiadas por todo o Brasil. A gente faz história!