Bem-vindo ao site da Whirlpool Latin America!

Peça Pequeno Picadeiro, da Oficina teatral da ADEJ, encerra temporada no dia 30

Joinville, 23 de agosto de 2011 ? No próximo dia 30 de agosto, às 15h30 e às 20h, a Oficina de Teatro da ADEJ (Associação dos Deficientes Físicos de Joinville), assessorada do Instituto Consulado da Mulher, ação social da marca Consul, encerra no teatro Juarez Machado, em Joinville, a temporada da peça ?Pequeno Picadeiro?. Em cartaz desde o mês de março, a peça traz para o palco toda a magia do circo, por meio de seus personagens característicos, como palhaços e malabaristas. De maneira divertida e bem-humorada, compara a vida com um picadeiro, levando aos espectadores uma reflexão sobre os desafios do dia a dia. A expectativa do grupo de atores é somar mil espectadores nas duas últimas apresentações. O grupo, assessorado pelo Instituto Consulado da Mulher, completará em 2012, 10 anos de carreira e é composto por 35 integrantes, sendo 27 portadores de deficiência. A Oficina de Teatro da ADEJ surgiu com a ideia de peças teatrais associadas ao desenvolvimento de funções terapêuticas para os portadores de deficiência, mas, ao longo dos anos, evoluiu também para um trabalho artístico.O foco da assessoria prestada pelo Instituto, de acordo com Leda Böger, diretora executiva do Consulado da Mulher, é o gerenciamento do trabalho teatral, principalmente relacionado às finanças, como a gestão de caixa do valor arrecadado durantes as peças e investimentos futuros. ?Com o trabalho de assessoria, ajudamos, também, a promover uma sociedade mais inclusiva?, conta Leda.Os ingressos, no valor de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada), estão a venda na bilheteria do teatro Juarez Machado, e no Jacatirão Café e Arte – empreendimento também assessorado pelo Consulado da Mulher, localizado na Rua São Joaquim, 80, anexo ao hotel Colon, no centro da cidade. Teatro Juarez MachadoPeça: Pequeno PicadeiroLocal: avenida José Vieira, 315Horário: 15h30 e 20hData: 30 de agosto Consulado da MulherO Instituto Consulado da Mulher é uma ação social da marca Consul, que oferece assessoria a mulheres de baixa renda e pouca escolaridade. O objetivo é que, com sua atividade empreendedora, possam gerar renda e proporcionar melhores condições de vida a elas e suas famílias.O Consulado da Mulher conta com uma metodologia própria de assessoria a empreendimentos populares, reconhecida pela Fundação Banco do Brasil, Unesco e KPMG como uma tecnologia social, replicável, eficaz e que entrega os resultados aos quais se propõe.Presente em 19 Estados do País, o Consulado da Mulher assessora 196 empreendimentos populares, beneficiando diretamente 2.237 mulheres e suas famílias. Desde sua fundação, em 2002, o Consulado já beneficiou mais de 27 mil pessoas.  Em 2010, o Consulado da Mulher foi escolhido pela Clinton Global Initiative (CGI), do ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, para participar do encontro anual, em Nova York, e expor seu modelo de atuação. O Encontro Anual da CGI é reconhecido por reunir, entre outros participantes, chefes de Estado, vencedores de prêmios Nobel da Paz, executivos, líderes de ONGs de atuação mundial e formadores de opinião para planejar projetos específicos de enfrentamento dos desafios econômicos, ambientais e sociais mais urgentes da atualidade.